terça-feira, 24 de maio de 2011

Sinto-me

Cada vez mais afastada das pessoas, não sei se voluntária ou involuntariamente mas é isso que sinto.
Dou por mim mais calada, mais contida, a estudar o ambiente, a não dar confiança.
Talvez o motivo seja não me magoar como sempre.
Alem disso acho que cada vez há mais gente falsa, que passam por cima de tudo e todos para subir, que se aproveitam das pessoas incapazes de dizer não para seu beneficio próprio.

Começo a achar que estou a ficar farta das pessoas, e que se contar apenas comigo própria para tudo, estarei melhor...

Embora até comigo mesma não esteja bem de todo! Mas como me disse uma senhora esta semana, que por acaso perdeu o filho aos 20anos num acidente de carro "um dia quando estiver de bem com a vida tudo será diferente", e não não conheço esta senhora, ela apenas veio falar comigo via Facebook, sobre o meu trabalho, e disse-me isto. Ainda há pessoas boas, eu sei que sim! Mas acho que são cada vez mais raras.

4 comentários:

Nana disse...

Revejo-me no teu post. Cada vez me é mais difícil confiar nas pessoas...

Anónimo disse...

Mas não podemos deixar de confiar, de acreditar no ser humano, se deixarmos como ficará essa sociedade? Já tem tanta gente se esquecendo um do outro...

Maria disse...

Então linda...
Há dias em que tudo parece cinzento, mas não podemos fechar-nos. É preciso acreditar nos outros e na vida.
É preciso estarmos abertas à vida para podermos ver e sentir as coisas boas que vão acontecendo, mesmo que sejam poucas.
Há sempre alguém que nos sorri, que se preocupa connosco e que nos estende a mão.
E se não virmos essa pessoa, seremos nós que faremos isso por alguém. E a alegria que essa pessoa vai sentir, será partilhada por ti.

um beijinho grande

Ana M disse...

Tb estou como tu, acho que com o passar dos anos vamo-nos apercebendo que há muitas pessoas em que não podemos confiar. Ainda bem que ainda existem algumas em que podemos! *