segunda-feira, 27 de junho de 2011

Ironia ou não

Adeus Dinoman! (homenagem A Francisco Adam)

D'ZRT

Será
Que todos temos um destino
e vamos aprendendo a escreve-lo melhor

Será
que o ser humano é tão pequeno
Que os dias vão correndo
e a saudade é maior.

Será
que tudo faz sentido
e a pergunta é porquê
e quem terá decidido

Refrão
E eu não te quero perder
Presta atenção ao que eu te digo
E eu não te quero perder
Encara a estrada como um perigo
E eu não te quero perder
o teu sorriso é o nosso sorriso
E eu não te quero perder
Estejas onde estiveres estamos contigo.

Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo
Estamos Contigo

Tua alegria não será esquecida
Sabemos que não queres tristezas entre nós
És um exemplo pra agarrar a vida
Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós
Tua alegria não será esquecida
Sabemos que não queres tristeza entre nós
És um exemplo pra agarrar a vida
Meu puto, acredita, estarás sempre entre nós

Até já meu irmão!
Olha por nós aí, boy!
Estamos juntos meu irmão, estamos juntos...
E eu não te quero perder
Presta atenção ao que eu te digo
E eu não te quero perder
Encara a estrada como um perigo
E eu não te quero perder
o teu sorriso é o nosso sorriso
E eu não te quero perder
Estejas onde estiveres estamos contigo. (bis)


Promete que não te vais perderEstejas onde estiveres estamos contigo.

-------------------------------------------

Ok há coisas que não entendo, que panca lhe deu para não ter o cinto num carro descapotavel...
Que ideologia ou exemplo será ele para os jovens que se lembram que cantou uma musica para o Dino, a afirmar que a estrada é perigosa e depois faz isto?

Alem disso, que raio de gente toda é aquela que teima em ir ao hospital para se despedir dele? Metade nem amigo deve ser, mas tem de se mostrar. Como pessoas dos idolos, e a Verissima... que gente é essa?!

E que é feito de falarem dos que iam com ele? Da rapariga em estado grave? que só tem 17anos.
Da familia do que morreu!!! Alguém fala deles?

Mas pronto podia dar-me um ataque de raiva e passar-me e dizer meia duzia de porcarias pela boca fora, simplesmente porque não aceito a vida como ela é, porque serei sempre uma inconformada no que toca à vida, ao sofrimento e à morte em si!!!
Mas vou deixar aqui a minha veia de boazinha, e dizer que nem quero imaginar o sofrimento daqueles pais.
E a perda que é um jovem de 28anos perder assim a vida, com ainda tanto para viver, com a saida do album novo, com concertos marcados ate Setembro....é mais novo que eu 1ano.

E continuo a não conseguir aceitar a morte... não dele,  mas da simplicidade que ela tem em levar uma pessoa... isto dava pano para mangas!

Fonix!! Sim isto afecta-me!

Sem comentários: