segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Não...

... não vou voltar para o que tinha com ele apenas porque ele me diz que me queria dizer algo na quinta e o magoei.
Muito menos quando me diz que se calhar perdi uma oportunidade nessa mesma quinta, quando eu digo que ele é que a perdeu, e visto ter sido eu a dar o ultimo passo há umas semanas, seria a vez dele de dar o passo agora.
E eu mesma lhe disse que, se ele algum dia quiser algo terá de ser ele a vir ter comigo, por mim, e não porque a vida não lhe sorriu como ele queria.
A unica certeza que tenho é de um não, porque me cansei de na minha vida ter sido sempre a 2ª escolha de alguém, e porque me cansei de amores pela metade.
Se vier ter comigo terá de ser pelo que eu sou, pela falta que poderá sentir ou por descobrir que tinhamos mesmo ali algo.
Se vier ter comigo terá de ser porque perdeu os medos que diz ter, será porque decidiu abrir o coração dele a novas oportunidades e a um novo futuro, porque só assim será por completo.

Mesmo custando, será não. Mesmo estando perto dele e a vontade seja de sim, a resposta será não. E embora erre em muita coisa na vida, quando digo não é mesmo não...

Mas confesso que achei piada quando se descaiu no meio de uma conversa com algo como "digamos que gosto de tratar do que é meu!".

"mas desde quando é que eu sou tua?"

E sim continua a ser não... não vivo nem tomo decisões por palavras....

Sem comentários: