sexta-feira, 6 de julho de 2012

Injustiças

Dizem que Deus só nos dá aquilo que sabe que conseguimos ultrapassar. Dizem que Deus está ali para nós, para nos ajudar, para no colocar a mão naquele momento em que mais precisamos.
Dizem que se lutarmos que Deus ajuda.
E eu acabei de ver uma menina que lutou 3 vezes contra uma leucemia que ia e voltava, e lembro-me de a ver na tv quando os pais foram pedir dadores.
Lembro-me das campanhas que houve por aquela menina que teimava em não desistir mesmo a vida sendo madrasta como é.
E à 3ª recaida depois de mais de 300 dias livre de leucemia, a maldita volta, e a menina recomeça o martirio da quimio forte que lhe provoca dores que ela se lembra dos dois outros tratamentos. Mas mesmo assim a menina sorri, a menina quer fazer desenhos com a mãe e quando tem mais força salta na pequena cama do hospital.

Mas mesmo esta menina sendo forte, mesmo esta menina ter mostrado a esse Deus que consegue superar esta maldita doença, aparece um fungo que a leva num dia. E aqueles pais tiveram de ouvir o medico dizer "está na hora de se despedirem da Maria" assim sem mais nem menos como se fosse algo simples de fazer.
Diz-se adeus a um filho e pronto já está. Principalmente quando se sabe que se lutou com as forças todas possiveis para esse filho sobreviver, porque um filho tem e deve ir sempre depois de um pai.

E nestas alturas eu fico zangada com Deus, e não me venham dizer que ele agora tem-na com ele e ela está bem, porque ninguém o sabe e ninguém está lá para ver.
Custa-me aceitar que uma familia sofra tanto e no fim perder a melhor coisa que se pode ter no mundo.

E esta semana é a segunda menina que vejo partir, por culpa de uma doença estupida.

1 comentário:

Quase nos "entas" disse...

Pois....eu confesso que fui para casa e nao conseguia pensar noutra coisa....agarrei-me ao meu mini e nao conseguia deslarga-lo...
Um dia está tudo bem....e de repente...
Triste...muito triste